John Wilkes Booth: a fuga de um assassino

Percorra o caminho ao longo da rota de fuga de John Wilkes Booth do Ford’s Theatre, em Washington, DC para o local de sua captura e morte em Virgínia, 12 dias depois que ele atirou e matou o presidente Lincoln.

Inside Ford's Theatre in Washington, DC
Interior do Teatro Ford
Outside Ford's Theatre in Washington, DC
O Teatro Ford, local do assassinato do presidente americano Abraham Lincoln em 14 de abril de 1865.
Historical photo of Ford's Theatre in Washington, DC
Imagem de época do Teatro Ford, Washington, DC
Inside Ford's Theatre in Washington, DC
Outside Ford's Theatre in Washington, DC
Historical photo of Ford's Theatre in Washington, DC

O exército do Norte da Virgínia de Robert E. Lee havia se rendido recentemente às forças da União, e a reparação da América estava apenas começando quando John Wilkes Booth assassinou o presidente Abraham Lincoln.

Dia 1: O assassinato de Lincoln cometido por John Wilkes Booth no Ford’s Theatre

Ford’s Theatre

John Wilkes Booth assassinou o presidente Abraham Lincoln neste local em 14 de abril de 1865. Booth, um ator, já havia se apresentado neste teatro e pulou dramaticamente do camarote do presidente para o palco, quebrando a perna.

Petersen’s Boarding House

Lincoln morreu neste local, em frente ao Ford’s Theatre, enquanto Booth fugiu a cavalo.

Surratt House Museum

A taberna da Sra. Mary Surratt, onde os conspiradores do assassinato armazenavam os suprimentos.

Dia 2: Conspiradores e obstáculos

Dr. Samuel A. Mudd House Museum

O Dr. Mudd cuidou da perna quebrada de Booth no dia 15 de abril de 1865, e Booth passou a noite neste local.

St. Mary’s Church and Cemetery

Booth e Dr. Mudd se conheceram neste local em novembro de 1864, quatro meses antes de Booth chegar à casa de Mudd com a perna ferida. O Dr. Mudd e seus familiares estão enterrados neste cemitério.

Port Tobacco (Courthouse Museum)

Sede do condado durante a Guerra Civil e casa de George Adzerodt, outro conspirador do assassinato.

Zekiah Swamp Natural Environment Area

Booth e Herold tiveram de contornar este pântano, que agora é uma área popular para canoístas e está rodeada de trilhas para bicicleta.

Dia 3: Uma rendição e um fim memorável

Rich Hill

Booth e seu cúmplice David Herold chegaram à casa de Samuel Cox no dia 17 de abril de 1865 e foram levados para um bosque de pinheiros próximo do local, onde se esconderam durante vários dias, esperando uma oportunidade para atravessar o rio Potomac em direção a Virgínia.

Port Royal

Booth e Herold passaram por esta cidade portuária no caminho de Garrett Farm.

Garrett Farm

Herold se rendeu às tropas do Exército dos EUA no dia 26 de abril de 1865, mas Booth levou um tiro, foi puxado do celeiro em chamas e logo morreu na varanda da casa de fazenda nas proximidades.

Relacionadas:: 
História e cultura
Passeios panorâmicos